Agentes de saúde e endemias de Nova Marilândia recebem motocicletas de Botelho para facilitar as visitas

0
88

Powered by WP Bannerize

Os agentes de Saúde e de Endemias de Nova Marilândia (a 250 km da Capital) receberam oito motocicletas para facilitar o trabalho de atendimento à população. Ação realizada por meio de emenda parlamentar do deputado Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso – ALMT.

Autoridades locais, membros da comunidade e beneficiários diretos da iniciativa, agradeceram a Botelho, neste mês, durante cerimônia de entrega das motocicletas na cidade. O deputado aproveitou para destacar que também viabilizou poços artesianos às comunidades rurais de Nova Marilândia.

Satisfeito, Botelho afirmou que fica feliz toda vez que consolida melhorias para o município. “Aqui em Nova Marilândia prometi que iria apoiar a pasta da Saúde com essas motos, e é uma felicidade vir entregar e ter a certeza de que o serviço ficará ainda melhor. Compromisso feito é para ser cumprido. Temos que honrar nossa palavra”, disse o parlamentar no ato de entrega, na praça histórica da cidade.

De acordo com a agente de Saúde e Endemias, Renata Fernanda Moura, que exerce a função há 14 anos, os veículos são fundamentais para tornarem as visitas domiciliares mais rápidas. “Bom demais, vai facilitar a locomoção porque alguns colegas pediam carona, outros iam a pé fazer as visitas. A gente roda de 22 a 24 casas diariamente, a moto vai facilitar muito”, esclarece a profissional.

Ao agradecer o presidente da ALMT, o prefeito de Nova Marilândia, Jefferson Souto, frisou que as motos significam garantia de atendimento para 100% da população. “É uma luta de muito tempo e hoje conseguimos através do apoio do Botelho. Somos um elo muito importante para a nossa comunidade”, concluiu o prefeito.

TRABALHO – O agente comunitário de Saúde trabalha na atenção básica e busca abranger várias ações de saúde. Já o agente de Endemias concentra-se especificamente no combate as doenças transmitidas por vetores e na vigilância epidemiológica.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta