Contra Crimes à Infância, Um Apelo por Justiça e Proteção Urgente

0
151

Powered by WP Bannerize

Por: Virginia Mendes

É com profunda consternação que me dirijo a vocês para abordar um tema de extrema gravidade que assola nossa sociedade: os crimes perpetrados contra a infância. Como primeira-dama de Mato Grosso, tenho dedicado meu compromisso não apenas à luta contra a violência doméstica e o feminicídio, mas também à defesa incansável dos direitos das crianças, que representam a esperança e a promessa de um futuro mais justo.

Recentemente, deparei-me com casos de crueldade que transcendem a compreensão humana. Crianças, indefesas e confiantes na proteção de seus pais, têm sido vítimas de abusos chocantes, inclusive de natureza sexual. Um exemplo brutal é o caso de um pai que, em um ato monstruoso, abusou de suas próprias filhas de sete e onze anos. Essa dolorosa realidade clama por nossa atenção e ação imediata.

Diante desse cenário, levanto a bandeira não apenas da indignação, mas da exigência por soluções eficazes e preventivas. É imperativo que nos unamos como sociedade para erradicar essas práticas abomináveis e assegurar um ambiente seguro para nossas crianças crescerem. Nossa responsabilidade vai além da punição dos culpados; devemos concentrar esforços na prevenção, educando, conscientizando e promovendo mudanças estruturais.

Convido líderes comunitários, autoridades, instituições e cidadãos a se unirem a essa causa. A prevenção é compromisso de todos. Além disso, urge fortalecer o sistema de proteção à infância, garantindo que denúncias sejam prontamente investigadas e que as vítimas recebam apoio adequado.

Neste apelo por justiça e proteção, comprometo-me a continuar trabalhando incansavelmente, lado a lado com todos aqueles que compartilham a visão de um futuro onde cada criança possa crescer livre de medo e violência. Juntos, podemos construir um amanhã mais seguro e promissor para as gerações vindouras.

Virginia Mendes é economista e primeira-dama de Mato Grosso.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta