TCE da treinamento para técnicos de oito municípios de MT

0
128

Powered by WP Bannerize

Gestores de oito municípios passaram por treinamento para utilização do sistema do Programa de Gerenciamento do Planejamento Estratégico (GPE), do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT).

Realizado nos dias 29 e 30 de junho pela Secretaria de Planejamento, Coordenação e Integração (Seplan), o encontro reuniu representantes de Alto Taquari, Cotriguaçu, Nova Monte Verde, Santo Antônio do Leste, Curvelândia, Araputanga, Luciara e Rio Branco.

Na ocasião, foram abordados o acompanhamento da execução dos planos e o envio de relatórios gerenciais, o que garantiu aos técnicos das prefeituras conhecimento para operacionalizar a plataforma de metas.

Vale destacar que o treinamento é gradual e contempla municípios que já concluíram a fase de elaboração do plano. Assim, depois que os dados são inseridos no Sistema GPE, os técnicos são capacitados e começa a fase de monitoramento.

O secretário de Planejamento e Integração, Adjair Roque, reforça que, por oferecer soluções tecnológicas para a elaboração e o gerenciamento do Planejamento Estratégico, a ferramenta é fundamental para a atuação dos jurisdicionados.

“Por meio dela, os gestores podem acompanhar e analisar o desempenho de suas prefeituras em tempo real, melhorando a compreensão da gestão, o que leva a decisões melhores, ações mais rápidas e mais relevantes”, explicou.

Esta é a segunda edição da capacitação, que teve início no mês de maio com os municípios de Primavera do Leste, Rosário Oeste, Glória D’Oeste e Salto do Céu. De acordo com a Seplan, em julho o treinamento chegará à III turma.

GPE

Lançado em 2022 pelo conselheiro-presidente, José Carlos Novelli, o GPE é um programa de longo prazo voltado ao desenvolvimento das políticas públicas municipais, como de saúde, educação, infraestrutura, economia e assistência social. O Programa busca introduzir a cultura do planejamento na administração pública municipal.

O objetivo é validar os planos estratégicos de cada um dos 141 municípios de Mato Grosso e entregar o diploma de técnico de planejamento a servidores públicos até outubro de 2023. Somente no primeiro ano, o GPE já contava com 96 municípios adesos, em uma cobertura que representava 84,2% da população do estado.

“Esse é o projeto de maior relevância social implementado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso e que melhor coaduna com a nossa nova visão estratégica, que é de fazer a administração pública municipal referência para o Brasil. A partir desse planejamento, também vamos desburocratizar processos e reduzir erros.”

Deste modo, o GPE garantirá efetividade às políticas de desenvolvimento econômico e social dos municípios. “Os gestores passarão a ter à disposição uma ferramenta com eixos e metas já estabelecidos. Isso resultará em uma administração pública melhor e mais eficiente”, afirma o presidente.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta