Estádio Dutrinha: Uma renovação triunfante do futebol cuiabano

0
306
Foto: Leo Rotondo
Foto: Leo Rotondo

Powered by WP Bannerize

Após um ano e sete meses desde a reinauguração em 31 de janeiro de 2022, o Estádio Eurico Gaspar Dutra, popularmente conhecido como Dutrinha, é mais uma grande obra realizada durante a gestão de Emanuel Pinheiro. O local, que ficou fechado por sete anos, passou por uma reforma e revitalização completa, transformando-se novamente em um verdadeiro templo do futebol cuiabano, onde grandes craques já desfilaram seu talento. A última reforma significativa havia sido realizada em 1990, pelo ex-governador Jayme Campos.

Desde a sua reabertura, o Dutrinha tem sediado importantes campeonatos, com a presença do público, que tem a oportunidade de conhecer a rica história desse ponto histórico de Cuiabá. Atualmente, o estádio é empregado para a Copa da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), o Campeonato Mato-grossense Sub 15, Sub 17 e feminino.

Entre os anos de 2017 e 2022, mais de 1.248.420 (um milhão duzentos e quarenta e oito mil quatrocentos e vinte) pessoas participaram de eventos esportivos ou culturais no estádio.

A reforma do Dutrinha teve início em fevereiro de 2019 e foi dividida em três etapas. A primeira etapa, orçada em R$ 450 mil, consistiu na readequação do espaço para atender às medidas de segurança e acessibilidade. A segunda etapa, com um orçamento de R$ 600 mil, envolveu a mudança de posicionamento dos postes de iluminação e a troca do gramado. A terceira e última etapa foi a construção do novo muro e a modernização dos vestiários, com um investimento de R$ 500 mil.

Essa foi a maior intervenção realizada no estádio desde sua construção em 1952, totalizando um investimento de cerca de R$ 2 milhões, conduzido pela gestão e coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, em parceria com a Secretaria de Obras Públicas. O prefeito Emanuel Pinheiro expressou seu orgulho em liderar a administração da cidade onde nasceu, ressaltando que essa história se tornará um legado para Cuiabá, com a retomada das atividades desse importante centro esportivo. Ele devolveu à querida população cuiabana, com devido respeito e dignidade, seu maior patrimônio esportivo.

O secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite, destacou que o Estádio Dutrinha tem recebido diversas demandas de grandes times para utilização em diferentes áreas esportivas. Para atender a todos, um cronograma foi elaborado para determinar as datas e períodos disponíveis. O Dutrinha, como espaço público recuperado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, visa valorizar os atletas regionais e incentivar a prática esportiva para uma vida saudável e com mais qualidade.

Além disso, a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer está trabalhando no levantamento de dados e elaboração de projetos para atender as demandas e particularidades de cada um dos 34 miniestádios existentes em Cuiabá.

Os principais miniestádios presentes na capital são: Miniestádio Aristotelino Alves Praeiro, Professor Toninho Xará, Joelson Castro da Silva, Antonio de Jesus Simão Rosa, Oracina Gonçalves de Moraes, Ivo de Almeida, Radialista Cláudio Kisque, Eduardo Rueda Saraiva Filho, Orlando Joaquim dos Santos, Gérson Lopes Dias, Marcelo Augusto Felipe Ribeiro, CPA I, José Rubens dos Santos, João Bosco Pinheiro, João Pires Modesto JK, Ruitter Jorge de Carvalho, Jardim União, Joaquim Francisco de Assis, Airton de Souza Franco, Adavilson da Cruz, Itamar Rosa, Mãe Santa, Quilombo, Jonas Pinheiro – Pinheirão, da Moinho, Juarez Sodré da Silva, João Faustino Lima, Rubens Antunes de Belém, Joubert A Martins, Benedito Sá Barreto, Márcio Pedro de Brito, Jamil Muça Sobrinho, São José Operário e Benedito Severo Gonçalves.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta